Douglas Diegues

Douglas Diegues

Poeta da tríplice fronteira, explora a densidade das áreas limítrofes entre o português, o espanhol e o guarani, com o entrecruzamento do spanglish, o guarañol y todas as línguas que passam por perto. É a lírica do chamado “portunhol selvagem”. É autor do poemario “Dá gusto andar desnudo por estas selvas: Sonetos salvajes”, e de vários livros publicados na Editora Eloisa Cartonera (“Uma flor na solapa da miséria”, “Triple Fronteira”, e “El Astronauta Paraguayo”). Também é fundador, junto com “O Domador de Yakarés”, da editora Yiyi Jambo Cartoneira.